Loading...
LETRA

Oh mulher, explica direitinho
Como é que eu sou negão e nasceu um galeguinho ?
Oh, mulher. Exijo o DNA
Senão em todo estado vai ter um pra eu criar

Pago pensão em Recife, em Natal e em Fortaleza
Em Caraúbas, em Caicó eu vou pagar
Tá, tá cheio de pensão pra eu pagar
Por isso eu tô querendo exame do DNA

Você não está vendo que a mãe é uma loirinha
Safado, me respeite
Eu não sou nenhuma galinha
Dá uma de garanhão quase em todo lugar
Agora vem dizer que eu tô querendo te enrrolar

Não é assim mulher
Eu sei que o filho é seu
Mas só pago pensão se você provar que é meu