Loading...
LETRA

Hoy que me dices adiós
Sin excusas ni rodeos
Quiero contarte mi error
De la angustia que da el miedo

Ayer me dabas de todo
De gratis y sin reservas
Y cómo cambiam las cosas
Cuando te pasan la cuenta

Ayer me dabas tu vida
Y yo jugaba con ella
Que necio es haber perdido
Tu amor en una rulera

Ya ves, yo sólo disimulaba
Porque tú de verdade me importabas
Pensar que me oferecías el cielo
Saber que hoy ya no puedo tenerlo
Sé que merezo tu adiós,
Sin excusas ni rodeos

Cuando llamaba a tu casa
Me contestabas corriendo
Hoy ni siquiera un mensaje
Espérame que ya vuelvo

Y para colmo el portátil
Ese maldito instrumento
No sabes cómo me duele,
Lo has conectado al silencio

Ya vez, yo sólo disimulaba
Porque tú de verdad me importabas
Pensar que me oferecías el cielo
Saber que hoy ya no puedo tenerlo
Hoy me merezco tu adiós,
Sin excusas ni rodeos

Hoje que você me disse adeus
Sem desculpas ou Enrolações,
Eu quero dizer o meu erro
Da angustia que é ter medo.

Antes você me dava de tudo
desimpedida, sem medo.
E como as coisas mudaram
Quando você terminou comigo.

No passado você me deu a sua vida
E eu brinquei com ela.
Fui um Tolo que estáva perdido querendo
medir seu amor numa régua.

Você vê, eu só fingia
Porque eu me importava com você de verdade.
Penssar que você me deu o céu,
e Saber que hoje eu não posso tê-lo.
Eu sei que mereço seu adeus
Sem desculpas ou Enrolações.

quando eu ligava para sua casa
Você atendia correndo.
Agora, nem mesmo uma mensagem
Espero que ela sinta falta.

E em cima do laptop
Aquele maldito instrumento
Você não sabe como dói
ficar conectado ao silêncio.

Você vê, eu só fingia
Porque eu me importava com você de verdade.
Penssar que você me dava o céu,
e Saber que hoje eu não posso tê-lo.
Eu sei que mereço seu adeus
Sem desculpas ou Esperança.