Loading...
LETRA

JULIO IGLESIAS

POBRE DIABLO
(J. IglesiasM. de la CalvaR. Arcusa)

Hoy pasaste
por mi lado
sin fijarte, sin mirarme,
de otros brazos.

No quisiera
ni pensarlo,
pero sigo como un tonto
enamorado.

Quien pudiera estar contigo y ser el otro
Yo sabría retenerte poco a poco
Y es que a fuerza de ignorarme has conseguido
Que te quiera como a nadie yo he querido.

Tú no sabes
que se siente
cuando alguien que tú quieres
no te quiere.

Quién diría
que a mis años
por tu culpa yo me siento
un pobre diablo

Quien pudiera estar contigo y ser el otro
Yo sabría retenerte poco a poco
Y es que a fuerza de ignorarme has conseguido
Que te quiera como a nadie yo he querido.

Tú no sabes
que se siente
cuando alguien que tú quieres
no te quiere.

Quién diría
que a mis años
por tu culpa yo me siento
un pobre diablo
© Star Music / Notas Mágicas
ALBUM: EMOCIONES (1979)

TRADUÇÃO

[Pobre Diablo]

JULIO IGLESIAS

Pobre Diabo
(Pedro, Willy e Mariana)

Hoje passastes
ao meu lado
sem notar-me, sem me ver
em outros braços

Não Quero
Nem pensar
Mais continuo como um tolo
apaixonado.

Quem me dera estar contigo e ser o outro
Eu saberia envolver-te pouco a pouco
Mas a força de teu desprezo conseguiu
Que te desejasse como a ninguém desejei

Tu não sabe
o que se ente
quando alguém que você deseja
não te deseja.

Quem diria
que na minha idade
por causa de você eu me sinto
um pobre diabo

Quem me dera estar contigo e ser o outro
Eu saberia envolver-te pouco a pouco
Mas a força de teu desprezo conseguiu
Que te desejasse como a ninguém desejei.

Tu não sabe
o que se ente
quando alguém que você deseja
não te deseja.

QQuem diria
que na minha idade
por causa de você eu me sinto
um pobre diabo
© Star Music / Magic Notes
ALBUM: EMOÇÕES (1979)