Loading...
LETRA

Bajando por la ladera
por el camino viene bailando
arrastra la sandalia,
la polvareda va levantando
moviendo la cintura
y las caderas como ninguna

Tiene la piel morena,
sonrisa clara,
color de luna.

Tiene cosas de blanca
tiene cosas de negra
tiene cosas de india
bonita mezcla que da esta tierra

Baila morena, baila
que tú lo bailas como ninguna
moviendo las caderas,
moviendo la cintura.

Baila morena, baila
que tú lo bailas como ninguna
arrastra la sandalia,
llévame en tu locura.
Baila morena, baila
que tú lo bailas como ninguna.

La noche es una niña
que va pasando, que va creciendo
la música no para,
sigue bailando, se va encendiendo.
El sudor de su cuerpo le pone brillo a su piel canela
la blusa colorada, la madrugada y esa morena.

Tiene cosas de blanca
tiene cosas de negra
tiene cosas de india
bonita mezcla que da esta tierra

Baila morena, baila
que tú lo bailas como ninguna...

Augusto y Nielcen

TRADUÇÃO

Dança Morena

Descendo a ladeira, pelo caminho vem dançando
Arrasta a sandália, a poeira vai subindo
Mexendo a cintura e as cadeiras como ninguém
Tem a pele morena, sorriso claro, cor de lua

Tem coisas de branca
Tem coisas de negra
Tem coisas de índia
Bonita mistura que tem esta terra

Dança morena, dança que você dança como ninguém
Mexendo as cadeiras, mexendo a cintura
Dança morena, dança que você dança como ninguém
Arrastando a sandália, me leva em sua loucura
Dança morena, dança que você dança como ninguém
À noite é uma menina que vai passando, que vai crescendo
A música não pára, segue dançando, vai se ascendendo
O suor de seu corpo dá brilho à sua pele canela
A blusa colorida, a madrugada e essa morena

Tem coisas de branca
Tem coisas de negra
Tem coisas de índia
Bonita mistura que tem esta terra

Tem coisas de branca
Tem coisas de negra
Tem coisas de índia
Bonita mistura que tem esta terra