Radio Sertaneja Universitario Raiz Romantico Online FM Ouvir

Fátima Leão Biografia

Fátima Leão, começou a cantar ainda na adolescência, em festivais de música no estado de Goiás. A realidade financeira era muito ruim. Foi então que dona Lázara, mãe de Fátima, vendeu a máquina de costura pra financiar as viagens da filha. Era o primeiro investimento numa carreira de sucesso. Fátima Leão chegou a São Paulo em 1985. A ideia era ser cantora famosa, percorrer o Brasil e vender muito disco. O repertório era de composições próprias, o que chamou a atenção de muitos artistas. Influente no sertanejo em pouco tempo, as músicas de Fátima ganharam intérpretes famosos.

 

Fátima Leão, herdou o perfil musical da mãe e da avó, que aprenderam a cantar em colégio de freiras. Iniciou a carreira em 1985 com a música "Objeto de prazer" feita em parceria com Matogrosso e gravada pela dupla Matogrosso e Mathias.

A jornada de muitos artistas começou pelos versos de Fátima Leão. Zezé Di Camargo, conheceu a compositora no início da carreira. Com o cantor, Fátima assinou vários hits. Canções que fizeram e ainda fazem sucesso, seja nas rádios, nas tevês ou nas telas do cinema.


Tem composições com diversos parceiros, entre os quais Zezé di Camargo, Elias Muniz, Xororó, Joel Marques, Matogrosso e Felipe. Em 1987, Chitãozinho & Xororó gravaram "Coração", parceria com Paulo Jurazo e Milionário e José Rico "Meu sentimento", parceria com José Rico. Em 1991 recebeu o "Prêmio Di Giorgio" de melhor compositora daquele ano. Cantou a música "Pra desbotar a saudade" no primeiro disco de Zezé di Camargo e Luciano. Um dos grandes sucessos de Leandro e Leonardo foi "Entre um gole e outro" de Fátima e Elias Muniz. É tida como uma das melhores compositoras do gênero sertanejo, chegando a ter em 1992 catorze músicas entre as mais tocadas nas vozes de diferentes duplas, entre as quais Zezé di Camargo e Luciano, Chitãozinho e Xororó, Felipe & Falcão, Chico Rey & Paraná e Leandro e Leonardo. Ainda em 1992, Chitãozinho e Xororó gravaram dela e Zezé di Camargo "Foge de mim" e dela e Joel Marques "Peão de rodeio". No mesmo ano lançou disco em Portugal, contando com a participação de Zezé di Camargo e Luciano interpretando "Me engana que eu gosto".

Ainda menina, aprendeu a tocar violão graças à ajuda de amigos, que emprestavam o instrumento. Determinada, Fátima chegou a limpar uma escola de música em troca de aulas de violão. Tempos depois, já dava aulas particulares, o que garantia o sustento de boa parte da família. Em 1992, por exemplo, catorze músicas de Fátima estavam entre as mais tocadas no Brasil.

Em 1994, suas composições "Poeta e cantor"; "Menina moça", com Dalvan, e "O meu jeito de amar", com Cezar foram gravadas pelo grupo paulista Demônios da Garoa no CD "Demônios da Garoa 50 anos", da Warner Music. Em 1996, Zezé di Camargo e Luciano gravaram dela, Alexandre e Neto a música "E Deus por nós", no LP "Indiferença" e o conjunto The Fevers, "Gostoso sentimento", parceria com Zezé di Camargo. Em 1999 cantou no programa "Família Sertaneja" apresentado por Marcelo Costa na Rede Record.

 

Em 2000 teve a música "Minha floresta", parceria com Neto e Alexandre, gravada por Pena Branca no CD "Semente caipira". No ano seguinte, sua composição "Dormi na praça", com Fátima Leão foi um dos maiores sucessos do ano e responsável pelo êxito nacional da dupla Bruno e Marrone. Em 2001, sua música "Tô Querendo Você", com Elias Muniz foi gravado pela cantora Joana no CD "Estou Bem". Em 2002, teve as músicas "Como preciso de Deus", com Netto e Alexandre e "Ficar comigo", com Valéria Leão gravadas por Elaine Braga no CD "Paixão sertaneja". Em 2004, foi incluída na obra Catálogos ICCA-El Paso de Música Popular Brasileira, no volume Mulheres Compositoras na Música Popular Brasileira. Em 2005 apresentou-se no programa Terra Sertaneja, na TV Bandeirantes, em edição de homenagem às mulheres.

Ao longo de sua carreira, Fátima Leão colocou sua assinatura em canções que fizeram e ainda fazem sucesso nas rádios, nas TVs (tema da novela "Marcas da Paixão", da Rede Record, nas vozes de Gian e Giovani), nas telas de cinema, "E Deus por nós", interpretada por Zezé di Camargo e Luciano no filme "Central do Brasil.


Fonte: site oficial

1 Comentários

  • ...
    romildes
    23/07/2017

    me encanta esta cantante fantastica no entendo porq ela nao estoura a vapor ! genten ès una pena ès estupenda de buena obrigado pela oportunidad

Deixe um Comentário

Posts Recentes

12/Outubro/2017

Paul McCartney - Biografia

12/Outubro/2017

Roberto Carlos - Biografia

01/Setembro/2017

Perfil Almir Sater

Blog Sertanejo Oficial.