Loading...
LETRA

Vai e não volta
Vai de boa, vai na fé
Cê vai me esquecer, só não bate a porta
Encosta, hein?

Sei que eu não
mereço um pingo de educação saindo da sua boca
E o que eu fiz não tem perdão
Se você me perdoasse
Eu ia te chamar de louca

Mas daqui uns quinze passos até seu carro
A uns treze km até um bar lotado
É uns três, quatro, cinco, seis copos virados
Esfrega na minha cara o tanto que eu fui otário

Porque eu fui o pior dos piores
Enche a cara e me enche de stories
Faz essa raiva virar paz em algum beijo
Faz eu sofrer que eu mereço

Porque eu fui o pior dos piores
Enche a cara e me enche de stories
Faz eu quebrar meu celular de raiva
Faz eu me sentir um lixo que ninguém cata

Vai e não volta
É Zé Neto e Cristiano, rapaz!

Mas daqui uns quinze passos até seu carro
A uns treze km até um bar lotado
A uns três, quatro, cinco, seis copos virados
Esfrega na minha cara o tanto que eu fui otário

Porque eu fui o pior dos piores
Enche a cara e me enche de stories
Faz essa raiva virar paz em algum beijo
Faz eu sofrer que eu mereço

Porque eu fui o pior dos piores
Enche a cara e me enche de stories
Faz eu quebrar meu celular de raiva
Faz eu me sentir um lixo que ninguém cata

Vai e não volta