Loading...
LETRA

Hoje sem querer eu me sentei no banquinho daquela praça
Que eu ia sempre levava você quando a gente namorava
Tava tudo do mesmo jeitinho sem tirar, nem colocar mais nada
Só faltou você no seu lugar, ao meu lado de mãos dadas
Aí passou aquele cara que eu sempre comprava algodão doce
Também passou a moça que eu comprava as flores
O senhorzinho da banquinha de jornal
E todo mundo perguntou cadê a sua namorada?
Mudei de assunto e não respondi nada
Fiquei com medo de falar e desabar

Eu disfarcei, mas todo mundo viu
Que sem você minha boca não sorriu
Me segurei tentando não chorar e a lágrima caiu
E o pior é que ainda te amo
E o mundo inteiro fica me lembrando
Mas ninguém sabe que você se foi
E agora é só um anjo