Loading...
LETRA

Eu tô maluco, eu tô de cara cheia
Por causa dela eu tomo pinga na veia,
mas eu tô maluco eu tô de cara cheia,
Por causa dela eu tomo pinga na veia,
mas eu tô maluco eu tô de cara cheia,
Por causa dela eu tomo pinga na veia,
mas eu tô maluco eu tô de cara cheia,
Por causa dela eu tomo pinga na veia.

Tomo pinga de alambique de Minas Gerais,
da branquinha ou da amarela pra mim tanto faz.
Eu dou um passo pra frente e dois passos pra trás
Se a paixão queima no peito o remédio que dá jeito
é pinga com sazafrás.

Mas eu tô maluco eu tô de cara cheia,
Por causa dela eu tomo pinga na veia.
Mas eu tô maluco eu tô de cara cheia,
Por causa dela eu tomo pinga na veia.
Mas eu tô maluco eu tô de cara cheia,
Por causa dela eu tomo pinga na veia.
Mas eu tô maluco eu tô de cara cheia,
Por causa dela eu tomo pinga na veia.

Eu tô maluco, eu tô de cara cheia
Por causa dela eu tomo pinga na veia,
mas eu tô maluco eu tô de cara cheia,
Por causa dela eu tomo pinga na veia,
mas eu tô maluco eu tô de cara cheia,
Por causa dela eu tomo pinga na veia,
mas eu tô maluco eu tô de cara cheia,
Por causa dela eu tomo pinga na veia.

Se tem festa de rodeio é pinga com limão
onde tem mulher bonita eu não sinto solidão
fico na frente do palco no meio da multidão
se tem moda sertaneja tomo pinga com cerveja
até secar o garrafão.

Mas eu tô maluco eu tô de cara cheia,
Por causa dela eu tomo pinga na veia.
Mas eu tô maluco eu tô de cara cheia,
Por causa dela eu tomo pinga na veia.
Mas eu tô maluco eu tô de cara cheia,
Por causa dela eu tomo pinga na veia.
Mas eu tô maluco eu tô de cara cheia,
Por causa dela eu tomo pinga na veia.