Loading...
LETRA

Te regalo mi cintura
Y mis labios para cuando quieras besar
Te regalo mi locura
Y las pocas neuronas que quedan ya

Mis zapatos destenidos
El diario en el que escribo
Te doy hasta mis suspiros
Pero no te vayas más

Porque eres tú mi sol
La fe con que vivo
La potencia de mi voz
Los pies con que camino
Eres tu amor
Mis ganas de reír
El adiós que no sabré decir
Porque nunca podré vivir
Sin ti

Si algún día decidieras
Alejarte nuevamente de aquí
Cerraría cada puerta
Para que nunca pudieras salir

Te regalo mis silencios
Te regalo mi nariz
Yo te doy hasta mis huesos
Pero quédate aquí

Porque eres tú mi sol
La fe con que vivo
La potencia de mi voz
Los pies con que camino
Eres tu amor
Mis ganas de reír
El adiós que no sabré decir
Porque nunca podré vivir
Sin ti

TRADUÇÃO

[Você]

Te ofereço a minha cintura
E meus lábios para quando quiser beijar
Te ofereço a minha loucura
E os poucos neurônios que ainda funcionarem

Os sapatos desbotados
O diário onde escrevo
Te dou até meus suspiros
Mas, não se vá

Porque você é o meu sol
A fé com a qual eu vivo
A potência da minha voz
Os pés com os quais eu caminho
É você, amor
Minha vontade de sorrir
O adeus que não saberei dizer
Porque nunca poderei viver
Sem você

Se algum dia você decidir
Se afastar novamente daqui
Fecharia cada porta
Para que nunca pudesse sair

Te ofereço meus silêncios
Te ofereço meu nariz
Eu te dou até meus ossos
Mas fique aqui

Porque você é o meu sol
A fé com a qual eu vivo
A potência da minha voz
Os pés com os quais eu caminho
É você, amor
Minha vontade de sorrir
O adeus que não saberei dizer
Porque nunca poderei viver
Sem você