Loading...
LETRA

Te conocí un día de enero,
Con la luna en mi nariz
Y como ví que eras sincero
En tus ojos me perdí

Que torpe distracción
Y que dulce sensación

Y ahora que andamos por el mundo
Como Eneas y Benitin
Ya te encontre varios rasguños
Que te hicieron por ahí

Pero mi loco amor
Es tu mejor doctor

Voy a curarte el alma en duelo
Voy a dejarte como nuevo
Y todo va a pasar
Pronto verás el sol brillar

Tú más que nadie mereces ser feliz

Ya vas a ver como van sanando
Poco a poco tus heridas
Ya vas a ver como va
La misma vida a decantar la sal que sobra en el mar

Y aunque hayas sido un extranjero
Hasta en tu propio país
Si yo te digo "como dices?"
Tu aún dices "que decís?"
Y lloras de emoción oyendo un bandoneón
Y aunque parezcas despistado
Con ese caminar pausado
Conozco la razón que hace doler tu corazón
Por eso quise hacerte esta canción

Ya vas a ver
Como van sanando
Poco a poco tus heridas
Ya vas a ver como va
La misma vida a decantar la sal que sobra en el mar

Ya vas a ver
Como van sanando
Poco a poco tus heridas
Ya vas a ver como va
La misma vida a decantar la sal que sobra en el mar

TRADUÇÃO

[Dia De Janeiro]

Te conheci em um dia de janeiro,
Com a lua em meu nariz
E como vi que tu eras sincero
Em teus olhos me perdi

Que distração tonta
E que doce sensação

E agora que andamos pelo mundo
Como Eneas e Benitin
Já encontrei em você vários arranhões
Que te fizeram por aí

Mas meu louco amor
É teu melhor doutor

Vou curar a dor da sua alma
Vou te deixar como novo
E tudo vai passar
E você já verá o sol brilhar

Você mais que ninguém merece ser feliz

Você já vai ver como vão sarando
Pouco a pouco suas feridas
Você já vai ver como vai
A mesma vida a decantar o sal que sobra do mar

E ainda que tenha sido um estrangeiro
Até em seu próprio país
Se eu te digo "O que você diz?"
Você ainda diz "O que disse?"
E chora de emoção ouvindo um bandoneão
E ainda que você pareça distraído
Com esse caminhar pausado
Conheço a razão que faz doer seu coração
Por isso quis te fazer esta canção

Você já vai ver
Como vão sarando
Pouco a pouco suas feridas
Você já vai ver como vai
A mesma vida a decantar o sal que sobra do mar

Você já vai ver
Como vão sarando
Pouco a pouco suas feridas
Você já vai ver como vai
A mesma vida a decantar o sal que sobra do mar