Loading...
LETRA

Quando uma sanfona toca
Toca lá no fundo do meu coração
Mexe com meu sentimento
E acende a fogueira da minha paixão

Quando uma sanfona toca
A vida tem mais sabor
Dá uma vontade louca
De cair nos braços do meu grande amor

E bate uma saudade
Brincar no rio, banho de chuva e cachoeira
No balanço do rangido da porteira
O café quentinho e do cheiro do gado

Da colheita do milho
Da garapa doce da cana caiana
Moda de viola nos fins de semana
E do sorriso dela todo encabulado

Toca sanfona, toca, faz ela voltar
Tô apaixonado e não posso ficar
Longe desse amor
Nem mais por um segundo

Toca sanfona, toca, mata meu desejo
Que eu não vejo a hora de ganhar um beijo
E poder fazer com ela
O melhor amor do mundo


E bate uma saudade
Brincar no rio, banho de chuva e cachoeira
No balanço do rangido da porteira
O café quentinho e do cheiro do gado

Da colheita do milho
Da garapa doce da cana caiana
Moda de viola nos fins de semana
E do sorriso dela todo encabulado

Toca sanfona, toca, faz ela voltar
Tô apaixonado e não posso ficar
Longe desse amor
|Nem mais por um segundo

Toca sanfona, toca, mata meu desejo
Que eu não vejo a hora de ganhar um beijo
E poder fazer com ela
O melhor amor do mundo