Loading...
LETRA

Eu já andei
Por tanto tempo nessa terra
Cruzei rios, cortei serras
Tantas lutas que nem sei

Hoje cansado
Ainda sigo a mesma estrada
Chuva, sol pega a boiada
Num caminho que fui rei

Toquei berrante
Fui valente e fui errante
Filho de um boiadeiro
Bom peão eu me tornei

Firme no laço
Braço forte e mão de ferro
Que hoje treme de saudade
Da mulher que eu amei

Ei boi, eia boiada
Tivesse nada me bastava essa paixão
Ei boi, eia boiada
Gosto muito da saudade que me aperta o coração

Minhas andanças
Me ensinaram que na vida
Não há causa aqui perdida
Vale a pena sentir dor

E nem tristeza
Que não possa ser curada
Chuva, sol, terra molhada
Fé em Deus, Nosso Senhor

Já fiz de tudo
Hoje sigo minha estrada
Do meu pai ganhei o nome
Dele sempre vou zelar

Sou boiadeiro
Nessa vida fui guerreiro
Meu passado é meu legado
E aos meus filhos vou deixar

Ei boi, eia boiada
Tivesse nada me bastava essa paixão
Ei boi, eia boiada
Gosto muito da saudade que me aperta o coração

Ei boi, eia boiada
Tivesse nada me bastava essa paixão
Ei boi, eia boiada
Gosto muito da saudade que me deixa essa canção