Loading...
LETRA

BEIRA DE UM SÉCULO A SUA IDADE
CABEÇA BRANCA CORPO ENCURVADO
CARREIRO VELHO SENTE SAUDADE
DA SUA VIDA E DO SEU GADO
JÁ BEM VELHINHO ELE DELIRA
E VOLTA A SER O QUE JÁ FOI
QUEM ESTÁ PERTO SE ADMIRA
POIS ELE GRITA O NOME DE SEUS BOIS

E VAI PUXANDO CHAVANTE ]
E VAI PUXANDO ENGOMADO ]
CARREGA DIAMANTE ]
VAI ROMPENDO PINTADO ]
VAI PACHÓ E MANACÁ ] Estribilho
NAVEGANTE E CAPRICHOSO ]
VAI ROCHEDO E CARINHOSO ]
VAI SERENO E JATOBÁ ]

CARREIRO VELHO O SEU PASSADO
É SEMPRE VIVO EM SUA MENTE
SUAS HISTÓRIAS SÃO UM LEGADO
ENRAIZADO EM NOSSA GENTE
AO PÉ DO FOGO ELE AJUNTA
AO SEU REDOR A MENINADA
E CONTA ALEGRE A QUEM PERGUNTA
OS SEUS ENCONTROS COM AS PINTADAS

Estribilho

ELE NÃO CANSA QUEM O ESCUTA
É PITORESCO ESSE SEU JEITO
A SUA VIDA FOI DURA LUTA
E HOJE É JÓIA DENTRO DO PEITO
CRIOU CAMINHOS PELO SERTÃO
E PASSO A PASSO CRUZOU LONJURAS
TEM TANTA HISTÓRIA PRENDE ATENÇÃO
PARECEM LENDAS AS SUAS AVENTURAS

Estribilho [Bis]