Loading...
LETRA

É um remelexo
Funga, funga, é um forró
Segura sanfoneiro
Pra coisa ficar melhor

É um remelexo
É um chamego, é um forró
Castiga sanfoneiro
Hoje ninguém fica só

Quem tá sentado é hora de se levantá
Quem tá sobrando procure se agarrá
Dê um abraço, fique bem agarradinho
Com amor e com carinho que a festa vai começá

Quem sabe muito remexe peneiradinho
Quem sabe pouco remexe mais devagá
E quem não sabe bota a perna, tira a perna
Se segure na cintura, comece a se balançá

É um remelexo
Funga, funga, é um forró
Segura sanfoneiro
Pra coisa ficar melhor

É um remelexo
É um chamego, é um forró
Castiga Dominguinhos
Hoje ninguém fica só


Quem tá sentado é hora de se levantá
Quem tá sobrando procure se agarrá
Dê um abraço, fique bem agarradinho
Com amor e com carinho que a festa vai começá

Quem sabe muito remexe peneiradinho
Quem sabe pouco remexe mais devagá
E quem não sabe bota a perna, tira a perna
Se segure na cintura, comece a se balançá

É um remelexo
Funga, funga, é um forró
Segura sanfoneiro
Pra coisa ficar melhor

É um remelexo
É um chamego, é um forró
Castiga sanfoneiro
Hoje ninguém fica só

("- Ô Sérgio Reis!
Que prazer, meu irmão, dá uns gritinho aqui no seu disco
O prazer é meu Dominguinhos!
Prazer, felicidade, muita honra
Ê Dominguinhos, cabra bão na sanfona
Patrimônio nosso")