Loading...
LETRA

Good times they come and they go
Never going to know
What fate is going to blow
Your way just hope that it feels right
Sometimes it comes and it goes
You take it ever so slow
And then you lose it, then it flows right to you

So we rely on the past
Special moments that last
Were they as tender as we dare to remember
Such a fine time as this
What could equal the bliss
The thrill of the first kiss
It'll blow right to you

It's never as good as the first time
Never as good as the first time

Good times they come and they go
Never going to know
It's like the weather
One day chicken next day feathers
The rose we remember
The thorns we forget
We'd love and leave
We never spend a minute on regret

It is a possibility
The more we know the less we see
Second time, second time is not quite what it seems
Natural as the way we came to be
Second time won't live up to the dream

It's never as good as the first time
Never as good as the first time

Natural as the way we came to be
Second time won't live up to the dream
Natural as the way we came to be
Second time is not quite what it seemed

It's never
As good as the first time
As the first time (never as good as the first time)
The first time

Natural as the way we came to be
Second time won't live up to the dream
Natural as the way we came to be
Second time is not quite what it seemed

It's never
As good as the first time
As the first time (never as good as the first time)
The first time

TRADUÇÃO

[Nunca é bom como da primeira vez]

Bons tempos que vêm e vão
Nunca vamos saber
O que o destino mandará
Para o seu caminho, só espero que seja bom
Às vezes vem e vai
Você aceita lentamente
E depois você perde, então ele corre direto para você

Por isso, contamos com o passado
Momentos especiais que duram
Será que éramos carinhosos como nos atrevemos a lembrar?
Um tempo tão bom como este
O que poderia ser igual à felicidade
A emoção do primeiro beijo
Ele vai explodir bem para você

Nunca é tão bom quanto a primeira vez
Nunca tão bom quanto a primeira vez

Bons tempos que vêm e vão
Nunca vamos saber
É como o tempo
Um dia frango, no outro, só penas
Da rosa, nos lembramos
Dos espinhos, nos esquecemos
A gente amava e ia embora
Nunca passávamos um minuto sequer arrependidos

É uma possibilidade
Quanto mais sabemos, menos nós vemos
Segunda vez, a segunda vez não é bem o que parece
Natural como a forma como veio a ser
A segunda vez não supera o sonho

Nunca é tão bom quanto a primeira vez
Nunca tão bom quanto a primeira vez

Natural como a forma como veio a ser
A segunda vez não supera o sonho
Natural como a forma como veio a ser
Segunda vez, a segunda vez não é bem o que parece

Nunca é
Tão bom quanto a primeira vez
Como na primeira vez (nunca tão bom quanto a primeira vez)
Pela primeira vez

Natural como a forma como veio a ser
A segunda vez não supera o sonho
Natural como a forma como veio a ser
Segunda vez, a segunda vez não é bem o que parece

Nunca é
Tão bom quanto a primeira vez
Como na primeira vez (nunca tão bom quanto a primeira vez)
Pela primeira vez