Loading...
LETRA

É como um vício
Você vem me procurar
Como faz desde o início
Cada vez que quer voltar
É como um cio
No calor da minha cama
Você jura que me ama
E me pede pra ficar
Logo agora que eu quase esqueci
Que eu me acostumei a viver só
Sempre só
Não de novo, não
Não quero abrir de novo as portas pra você
Do meu coração
Eu juro que não
Não de novo, não
Não vou deixar essa loucura me levar
Morrer de paixão
Eu juro que não
É como um prêmio
Pela minha devoção
Você toma o meu carinho
Pra vencer a solidão
É como sempre
Outra vez vai me deixar
Um segundo de delírio
Uma vida pra esperar
Logo agora que eu quase esqueci
Que eu me acostumei a viver só
Sempre só
Não de novo, não
Não quero abrir de novo as portas pra você
Do meu coração
Eu juro que não...