Loading...
LETRA

Quantas vezes tive de me acostumar
Ao sentimento livre
Presa do seu olhar que nada é impossível
Com você por trás

Mas onde e quando eu vou saber
Que essa noite foi a última vez
Que você se foi ?

Bate uma vez a mais, meu coração
E deixa o eco ir atrás
De quem de ti não sai
Na solidão
Que a cada noite sempre cai
Enquanto nossos sonhos passam...

Rio de água rasa, era um mar em mim
Você mergulhou fundo e nunca mais eu te vi
Me matou a fome, mas cheguei ao fim
Da busca em que seu corpo me lançou
Das ilhas que em lendas me levou
Onde eu não sou quem sou

Bate uma vez a mais, meu coração
E deixa o eco ir atrás
De quem de ti não sai
Na solidão
Que a cada noite sempre cai
Enquanto nossos sonhos passam...
Enquanto nossos sonhos passam...

Mas por detrás dessa fumaça
Nada é demais
Bocas deixando na vidraça
Marcas tão iguais

Bate uma vez a mais, meu coração
E deixa o eco ir atrás
De quem de ti não sai
Na solidão (ilusão)
Que a cada noite sempre cai
Enquanto nossos sonhos passam...