Loading...
LETRA

Enxugue o pranto
Me conte agora por que está chorando
Não tenha receio
Porque meu desejo é lhe ajudar

Não me sinto bem
Vendo em seu rosto o pranto deslizando
Alguém tão bonita
Não devia ter motivos pra chorar

Você não diz nada
Mas seus lindos olhos dizem por você
Foi seu novo amor que lhe maltratou
É sempre assim

Enquanto ele bebe
Briga e lhe maltrata, faz você sofrer
O ódio me mata, sofro ao lhe ver
Sendo mal amada tão perto de mim

Ele sai com outra
Na sua presença e lhe deixa tão só
Quanto desperdício faz pena, faz dó
Tão nova e bonita sem poder viver

Se você aceitar
Eu vou lhe roubar para bem distante
Para que eu possa ser o seu amante
E lhe dar o amor que ele nega a você


Você não diz nada
Mas seus lindos olhos dizem por você
Foi seu novo amor que lhe maltratou
É sempre assim

Enquanto ele bebe
Briga e lhe maltrata, faz você sofrer
O ódio me mata, sofro ao lhe ver
Sendo mal amada tão perto de mim

Ele sai com outra
Na sua presença e lhe deixa tão só
Quanto desperdício faz pena, faz dó
Tão nova e bonita sem poder viver

Se você aceitar
Eu vou lhe roubar para bem distante
Para que eu possa ser o seu amante
E lhe dar o amor que ele nega a você