Loading...
LETRA

Já fui boiadeiro traquejado e forte
Boiada e transporte foi minha paixão
Também nos rodeios já fui bom na sela
Eu nunca dei trela a nenhum pagão

Em cima de burro foi que me criei
E onde montei saí vencedor
Só uma potranca me tirou do lombo
Levei alguns tombos na arena do amor

Ainda na sala tenho pendurado
Um laço trançado e gibão de couro
Um velho berrante que fiz do meu jeito
Estou satisfeito com esse tesouro

Um par de esporas e rédeas douradas
A roupa surrada tingida de poeira
Guardei com carinho a vida inteirinha
Lembranças da minha vida boiadeira

Passei muitas vezes tocando boiada
Cruzando picada em mata esquisita
Em trecho assombrado cheguei a dormir
Contar o que eu vi ninguém acredita

Já fui companheiro da lua prateada
E a relva molhada foi berço pra mim
Já matei a sede nas gotas de orvalho
Que achei nos atalhos por sobre o capim

Ainda na sala tenho pendurado
Um laço trançado e gibão de couro
Um velho berrante que fiz do meu jeito
Estou satisfeito com esse tesouro

Um par de esporas e rédeas douradas
A roupa surrada tingida de poeira
Guardei com carinho a vida inteirinha
Lembranças da minha vida boiadeira
Guardei com carinho a vida inteirinha
Lembranças da minha vida boiadeira