Loading...
LETRA

Me fecho no quarto e falo com Deus
Se sou um dos seus, me aponte a saída
Me livra do inferno desse preconceito
Sou um homem direito e não tenho mais vida

Eu tinha de tudo e era feliz
Não sei o que fiz, sou tratado igual bicho
Se digo a idade me fecham a porta
Minha experiência já não mais importa
Passei dos quarenta, sou parte do lixo

Da roça eu vim só com vinte janeiros
Fazia de tudo e tinha trabalho
Diziam que eu era um pedra noventa
Mas nunca pensei que ao passar dos quarenta
Seria uma carta fora do baralho

Meu Deus me defenda de tanta maldade
O peso da idade só tem me atingido
Nas filas da vida sou discriminado
Me deixam de lado e não sou atendido

Esse preconceito me fere e dói
Já fui um herói e lutava com gosto
Pois desde menino ajudei meu patrão
Com mais de quarenta lhe peço a mão
Me diz que sou velho e vira-me o rosto

Da roça eu vim só com vinte janeiros
Fazia de tudo e tinha trabalho
Diziam que eu era um pedra noventa
Mas nunca pensei que ao passar dos quarenta
Seria uma carta fora do baralho