Loading...
LETRA

Eu moro aqui na cidade
Mas na verdade eu sou do sertão
Fui criado lá no pé da serra
No meio da terra e de pé no chão

Eu era ainda um menino
Quando o destino me tirou de lá
Hoje não tenho paz e nem sossego
Tô pedindo arrego, pois quero voltar

Quero voltar pro meu mundo
Meu sangue é matuto, não posso mudar
Se compra tudo na cidade
Mas a felicidade não se pode comprar

Eu sei que já não sou mais um menino
E o meu sotaque caipira já não é mais como outrora
Mas trago uma grande certeza no meu coração
Quando eu botar os pés naquele chão
Vou esquecer que um dia fui embora