Loading...
LETRA

Se voltar não faça espanto,
cuide apenas de você
Dê um jeito nessa casa,
ela é nada sem você
Regue as plantas na varanda,
elas devem lhe dizer
Que eu morri todos os anos,
quando esperei você.

Se voltar não me censure,
eu não pude suportar
Nada entendo de abandono,
só de amor e de esperar.
Olhe bem pelas vidraças,
elas devem lhe mostrar
Os caminhos do horizonte
Onde eu fui lhe procurar

Não repare na desordem,
dessa casa quando entrar
Ela diz tudo que eu sinto,
de tanto lhe esperar.