Loading...
LETRA

Por entre as rochas frias do concreto
Eu procuro como louca o teu rosto
Procuro controlar os meus anseios
De te encontrar e me desespero

Amor se eu te dei algum motivo e te perdi
Dou a face pra bater pago o que fiz
Mas não abro mão do que pertence a mim
Porque este amor que permanece não traz você
Pro meu colo, pro meu corpo e te faz ver
Que estou seguindo pra lugar nenhum.

By JONAS