Loading...
LETRA

É difícil demais
Você vira pra um lado eu viro pro outro
Tá chato demais
Quando tá com raiva não faz nem almoço
Desse jeito a nossa relação tá osso

Eu não do conta
Tem dias que acorda com o espírito do contra
Teu dedo tem vida própria
Pra minha cara só aponta
Você é uma íngua
E quanto ao adeus tá na ponta da língua

Você sai do banheiro molhada daquele jeito
Eu não aguento e vou pra cima louco de desejo
A sua toalha é a bandeira da paz
E quando ela cai aí o golpe é baixo demais

Você sai do banheiro molhada daquele jeito
Eu não aguento e vou pra cima louco de desejo
A sua toalha é a bandeira da paz
E quando ela cai aí o golpe é baixo demais

É difícil demais
Você vira pra um lado eu viro pro outro
Tá chato demais
Quando tá com raiva não faz nem almoço
Desse jeito a nossa relação tá osso

Eu não do conta
Tem dias que acorda com o espírito do contra
Teu dedo tem vida própria
Pra minha cara só aponta
Você é uma íngua
E quanto ao adeus tá na ponta da língua

Você sai do banheiro molhada daquele jeito
Eu não aguento e vou pra cima louco de desejo
A sua toalha é a bandeira da paz
E quando ela cai aí o golpe é baixo demais

Você sai do banheiro molhada daquele jeito
Eu não aguento e vou pra cima louco de desejo
A sua toalha é a bandeira da paz
E quando ela cai aí o golpe é baixo demais