Loading...
LETRA



Uma dose de saudade misturada com paixão
Me deixa de cabeça tonta e embriaga o coração

A gente se entrega
A gente se entrega
E chora sem querer
A gente se entrega
A gente se entrega
Pisa na bola e não vê

Estou ficando louco apaixonado coração 'tá machucado
De tanto levar pancadas de amor
Saudade parece cerveja quente
Com veneno de serpente
Doida pra matar a gente
E a saudade é um terror

Saudade é tempestade no deserto
Se não amor por perto
Mata igual a um tiro certo no coração
Saudade é uma doença matadeira
Castigo de feiticeira
Segue a gente a vida inteira
E anda junto com a paixão

Saudade é uma doença matadeira
Castigo de feiticeira
Segue a gente a vida inteira
E anda junto com a paixão

A gente se entrega
A gente se entrega
E chora sem querer
A gente se entrega
A gente se entrega
Pisa na bola e não vê

A gente se entrega
A gente se entrega
E chora sem querer
A gente se entrega
A gente se entrega
Pisa na bola e não vê

Ô de casa, ô de fora
Se for a saudade, manda embora
Diga que a felicidade
Pôs a solidão pra fora

Ô de casa, ô de fora
Se for a saudade, manda embora

Eu agora estou vivendo
O amor que pedi pra Deus
Ela entrou em minha vida
Completou os sonhos meus

Depois que ela chegou
Nessa casa ninguém chora
Tenho todo o amor do mundo
Ô de casa, ô de fora

Ô de casa, ô de fora
Se for a saudade, manda embora
Diga que a felicidade
Pôs a solidão pra fora

Ô de casa, ô de fora
Se for a saudade, manda embora