Loading...
LETRA

refrão
alô tem alguem aí
atenda o telefone nao me deixe assim
alô, alô,tem alguem ai
to sozinho na cidade tô morrendo de saudade não consigo dormir

no meio dessa selva de concreto
tô sozinho to inquieto sem carinho
sem um teco de buteco em buteco e a culpada é você
que sabe dessa minha desventurada
minha louca procura pela rua noite escura
tou pertinho da loucura e mesmo assim não vem me ver

refrão

me sinto simplesmente um vagabundo
o pior homem do mundo
num abismo tão profundo cada vez mais
eu me afundo
e só voce pra me salvar
atenda o telefone por favor
escute a voz do meu amor que ainda não se acostumou
a viver sem o seu amor e não se cansa de esperar

refrão

maluco de vontade de te ver
eu nao consigo te esquecer e essa vida sem voce
dá uma vontade de morrer
aí eu bebo pra aguentar
perece que um copo de cerveja
é a sua boca que me beija
onde quer que eu esteja
escuto moda sertaneja
então me pego a chorar

refrão