Loading...
LETRA

Você reclama na intimidade
Que sua vida é um martírio de dor
Tão nova e bonita e não é amada
Sofrendo calada carente de amor

Me compadeço do seu sofrimento
Mas não tenho forças pra lhe proteger
Morre de amor por quem não merece
E pouco se importa com seu padecer

Deixe de ser a mulher mal amada
Entregue a outro o seu coração
Esquecer o homem que só lhe maltrata
Será pra você a melhor solução

A chama do amor incendeia seu corpo
Num gesto de louca implora carinho
O que adianta um amor de mau gosto
Sentindo na carne a dor dos espinhos

Não sofra e não chore por quem não lhe ama
É pranto perdido, ele não reconhece
Passar sua vida neste sofrimento
É dar a vitória pra quem não merece