Loading...
LETRA

Sou um grão que seca sob o sol
No chão de terra nasci coração
Eu tive fé e força pra brotar
Pro meu melhor te dar

Não sei o quanto isso vai durar
Mas só o amor me faz continuar
Quem sabe o tempo passe devagar
Eu possa te tocar

Não há nada mais sincero que um coração de criança
Só eu a te olhar
Queria um sopro eterno pra viver na esperança
Te você me amar

Levo a vida nessa contramão
E te procuro sem me desviar
Sei que flutuo sem sair do chão
Pra me aproximar
Eu sei que me alimento de ilusão
E toda noite espero clarear
Pra de manhã rever o céu nascer
Ver você brilhar

Não há nada mais sincero que um coração de criança
Só eu a te olhar
Queria um sopro eterno pra viver na esperança
Te você me amar

Levo a vida nessa contramão
E te procuro sem me desviar
Sei que flutuo sem sair do chão
Pra me aproximar
Eu sei que me alimento de ilusão
E toda noite espero clarear
Pra de manhã rever o céu nascer
Ver você brilhar

Levo a vida nessa contramão
E te procuro sem me desviar
Sei que flutuo sem sair do chão
Pra me aproximar
Eu sei que me alimento de ilusão
E toda noite espero clarear
Pra de manhã rever o céu nascer
Ver você brilhar

Ver você brilhar