Loading...
LETRA

La's fine, sunshine most of the time
The feeling is laid back
Palm trees grow and the rents are low
But you know I keep thinking about
Making my way back

Well, I'm New York City born and raised
But nowadays, I'm lost between two shores
La's fine, but it ain't home
New York's home but it ain't mine no more

I am, I said
To no one there
And no one heard at all
Not even the chair
I am, I cried
I am, said I
And I am lost, and I can't even say why
Leavin' me lonely still

Did you ever read about a frog who dreamed of being a king
And then became one
Well, except for the names and a few other changes
If you talk about me, the story's the same one

But I got an emptiness deep inside
And I've tried but it won't let me go
And I'm not a man who likes to swear
But I've never cared for the sound of being alone

I am, I said
To no one there
And no one heard at all
Not even the chair
I am, I cried
I am, said I
And I am lost, and I can't even say why

TRADUÇÃO

[Eu sou ..., Eu disse]

Los Angeles é legal, o sol brilha quase o tempo todo
A sensação é de tranquilidade
Palmeiras crescem e os aluguéis são baixos
Mas, sabe, eu fico pensando sobre
Fazer meu caminho de volta

Bem, eu sou de Nova Iorque, nascido e criado
Mas agora eu estou perdido entre dois litorais
La é legal, mas não é meu lar
Nova Iorque é um lar mas não é mais o meu

Eu sou, eu disse
Para ninguém
E ninguém ouviu nada
Nem mesmo a cadeira [do psiquiatra]
Eu sou, eu chorei
Eu sou, disse eu
E eu estou perdido, e não posso nem dizer o porquê
Deixando-me mais solitário ainda

Você já leu a história do sapo que sonhava em ser um rei
E então tornou-se um
Bem, exceto pelos nomes e algumas outras mudanças
Se você falar de mim, a história é a mesma

Mas eu tenho um vazio bem lá no fundo
E eu tentei, ele mas não me abandona
Eu não sou um homem que gosta de jurar
Mas nunca me importei com o som de estar sozinho

Eu sou, eu disse
Para ninguém
E ninguém ouviu nada
Nem mesmo a cadeira [do psiquiatra]
Eu sou, eu chorei
Eu sou, disse eu
E eu estou perdido, e não posso nem dizer o porquê