Loading...
LETRA

Devolva-me a fotografia
Que você tirou de qualquer maneira
Acabou tudo entre nós
Por que guardar recordações?
O bastante é o que aconteceu entre você e eu
Como prova de um grande amor
Tenho um chaveirinho que é meu e seu

Tenho medo que amanhã
Algo possa acontecer
Vou pagar se estou devendo
Se tenho a ver quero receber

O dever de quem deve é pagar
Foi assim que alguém me ensinou
Dê a César o que é de César
Não queira colher o que não plantou