Loading...
LETRA

Amar como eu te amei ninguém amou,
Chorar como eu chorei ninguém chorou
Na hora da sua partida foi tão triste a despedida
Minhas lágrimas em cachoeira se transformou.

Sentado na beira das águas fiquei a chorar
Com o peito cheio de mágoa vi tudo acabar,
Naquele silêncio profundo senti-me ausente do mundo
Pra não morrer de tristeza comecei cantar

Maldito seja o navio no qual foi o meu benzinho
Que pra me deixar sozinho a levou.
Só me deixando a saudade da mulher que amo tanto
E a cachoeira de pranto que alguém chorou