Loading...
LETRA

É tão difícil conviver com a falta que me faz
Vejo os ponteiros do relógio, o tempo não te traz
Uma mistura de esperança, sonho e solidão
Não me interessa se está longe, eu não abro mão

Olho pra frente meu futuro parece incerto
Faço de tudo pra poder te ter aqui por perto
Busco em indícios, uma pista pra te encontrar
É que a saudade já tá grande, não dá pra aguentar

A saudade que invade minha alma e me tira toda a calma
Me deixa longe de você
Procuro o sinal do teu sorriso
Sei que é tudo o que eu preciso
Pra sobreviver

A saudade que invade minha alma e me tira toda a calma
Me deixa longe de você
Procuro o sinal do teu sorriso
Sei que é tudo o que eu preciso
Pra sobreviver

É tão difícil conviver com a falta que me faz
Vejo os ponteiros do relógio, o tempo não te traz
Uma mistura de esperança, sonho e solidão
Não me interessa se está longe, eu não abro mão

Olho pra frente meu futuro parece incerto
Faço de tudo pra poder te ter aqui por perto
Busco em indícios, uma pista pra te encontrar
É que a saudade já tá grande, não dá pra aguentar

A saudade que invade minha alma e me tira toda a calma
Me deixa longe de você
Procuro o sinal do teu sorriso
Sei que é tudo o que eu preciso
Pra sobreviver

A saudade que invade minha alma e me tira toda a calma
Me deixa longe de você
Procuro o sinal do teu sorriso
Sei que é tudo o que eu preciso
Pra sobreviver

É tão difícil conviver com a falta que me faz
Vejo os ponteiros do relógio, o tempo não te traz
Busco em indícios, uma pista pra te encontrar
É que a saudade já tá grande, não dá pra aguentar

A saudade que invade minha alma e me tira toda a calma
Me deixa longe de você
Procuro o sinal do teu sorriso
Sei que é tudo o que eu preciso
Pra sobreviver