Loading...
LETRA

Morro de saudade, mas não vou atrás
Morro de saudade, mas não vou atrás
Se tá matando minha vontade, a culpa é da sua ausência
Se é pra sofrer, sofro com inteligência

Coração tá um caco
Mas na cara o sorriso disfarça
O que tá acontecendo comigo
Só dói quando eu respiro, ai, ai, ai, ai
Ainda dói quando eu respiro

Tô sofrendo pra não ligar
Eu não ligo pra não sofrer
Meu amor próprio merece uma medalha
Às vezes bebo, mas eu bebo pouco
Às vezes choro, mas não é aquele desespero todo

Quem corre atrás primeiro
Perde o valor
E se ele não voltar
É porque não era amor
Não te acho em outro corpo
Mas eu mato minha carência
Se é pra sofrer, eu sofro com inteligência

Morro de saudade, mas não vou atrás
Morro de saudade, mas não vou atrás
Se tá matando minha vontade, a culpa é da sua ausência
Se é pra sofrer, sofro com inteligência

Morro de saudade, mas não vou atrás
Morro de saudade, mas não vou atrás
Se tá matando minha vontade, a culpa é da sua ausência
Se é pra sofrer, sofro com inteligência

Tô sofrendo pra não ligar
Eu não ligo pra não sofrer
Meu amor próprio merece uma medalha
Às vezes bebo, mas eu bebo pouco
Às vezes choro, mas não é aquele desespero todo

Quem corre atrás primeiro
Perde o valor
E se ele não voltar
É porque não era amor
Não te acho em outro corpo
Mas eu mato minha carência
Se é pra sofrer, eu sofro com inteligência

Morro de saudade, mas não vou atrás
Morro de saudade, mas não vou atrás
Se tá matando minha vontade, a culpa é da sua ausência
Se é pra sofrer, sofro com inteligência

Morro de saudade, mas não vou atrás
Morro de saudade, mas não vou atrás
Se tá matando minha vontade, a culpa é da sua ausência
Se é pra sofrer, sofro com inteligência