Loading...
LETRA

Luis Miguel - O Tu, O Ninguna


Esas manos que me llevan
por las calles de la vida
esa cara que me obliga
a mirarla de rodillas

Solo hay una, solo hay una
O tu, o ninguna

Esa voz que me aconseja
no creer en las sonrisas
ese pelo que me cubre
como lluvia de caricias

Solo hay una, solo hay una
O tu, o ninguna

O tu, o ninguna
no tengo salida
pues detras de ti mi amor
tan solo hay bruma

Si no existieras
yo te inventaria
como el sol al dia
o tu, o ninguna

Esa que de puro honesta
en el fondo te molesta
esa que te admira tanto
que te obliga a ser un santo

Solo hay una, solo hay una
O tu, o ninguna

Confidente de mis sueños
de mis pasos cada dia
su mirada mi camino
y su vida ya mi vida

O tu, o ninguna
no tengo salida
pues detras de ti mi amor
tan solo hay bruma

Si no existieras
yo te inventaria
pues sin duda alguna
o tu
o tu, o ninguna
o tu, o ninguna

TRADUÇÃO

[O Tu O Ninguna]
Luis Miguel - ou você, ou nenhum


Aquelas mãos que me levam
as ruas da vida
um cara que me faz
nos joelhos

Apenas um, existe apenas um
ou você, ou qualquer

Aquela voz que me aconselhou
não acredito que os sorrisos
cabelo que me cobre
como carícias de chuva

Apenas um, existe apenas um
ou você, ou qualquer

ou você, ou qualquer
Eu não tenho saída
atrás de você porque o meu amor
só tem neblina

Se você não existisse
vou inventar
dias como o sol
ou você, se houver

Isso que honesto puro
incomoda profundamente
que você admira tanto
que o obriga a ser um santo

Apenas um, existe apenas um
ou você, ou qualquer

confiante dos meus sonhos
meus passos a cada dia
Seu olhar o meu caminho
e sua vida e minha vida

ou você, ou qualquer
Eu não tenho saída
atrás de você porque o meu amor
só tem neblina

Se você não existisse
vou inventar
pois sem dúvida
ou seu
ou você, se houver
ou você, ou qualquer