Loading...
LETRA

Vem ni' mim 'amorzin', ' amorzin' vem ne' mim
mais pode calça uma bota pra não suaja os 'pezin'
Vem ne mim 'amorzin', ' amorzim' vem ne 'mim amorzin
Mais vem calçada de bota pra não suja os 'pézin'

Arrumei um engastaio, pensa num trem complicado
Quer que eu vendo o Alazão
pra comprar um carro importado
Essas moça da cidade não conhece nossa sina
Quer ser mulher de violeiro acostuma com o paieiro
A empreende a usa botina

Vem ni' mim 'amorzin', ' amorzin' vem ne 'mim
mais pode calça uma bota pra não suja os 'pezin'
Vem ne 'mim 'amorzin', ' amorzim' vem ne 'mim amorzim
Mais vem calçada de bota pra não suja os 'pézin'

Vou falar um trem 'proces' o mulher que da 'trabai'
Mas vou ter que confessar esse mel é doce demais
Mas sempre vem com frescura besteira e picuinha
Eu passo você no chicote
dou um cheiro no cangote e te coloco na linha