Loading...
LETRA

Não sei se foi sorte ou azar
que meu destino se cruzou com o seu
Mas sei que meu coração sofre
lembrando tudo que a gente viver
Eu passo a noite acordado
dividindo espaço com a solidão
Batendo forte no peito
tão descompassado meu coração

Eu toda noite me lembro, da felicidade
das juras de amor
Do seu olhar tão bonito
sinto nos meus braços ainda o calor
Desse seu corpo moreno, da pele queimada
dos raios do sol
Sinto ainda seu cheiro em nosso lençol

Um novo dia, vai amanhecer
outra noite chegar e eu não vou te esquecer
Minha paixão se você não voltar
vou ter sempre a viola chorando
pra me consolar