Loading...
LETRA

Ho estrada velha que não passa mais ninguém
Oi nosso destino pouca diferença tem
Ho estrada velha que não passa mais ninguém
Oi lá bem distante fui desprezado também

Deus fez o mundo com tanta beleza
Mas porque fez a tristeza também a desilusão
Fez a infância pra gente sentir saudade
E a saudade na distancia faz doer no coração

me lembro ainda eu era bem pequenininho
Todo dia bem cedinho você me via passar
De pés no chão no ombro minha sacola
A caminho da escola com vontade de estudar

e no seu leito eu vi poeira de boiada
Eu vi boiada carreira lá no morro ajoelhar
Me divertia com o grito do carreiro
Vendo o carro no atoleiro embaixo do temporal

estou chegando de uma longa caminhada
Espantando minhas magoas com a viola na mão
Pois deste mundo pro outro não leva nada
Por isso com essa estrada fiz essa comparação