Loading...
LETRA

Queria que num gesto que eu fizesse
Tudo no mundo se modificasse
E o pranto da tristeza que existisse
Em cânticos de amor se transformasse
Queria que a criança que hoje sofre
De fome e frio, nunca mais chorasse
No mundo de alegria e de esperança
Sorridente e bem contente então brincasse

Queria que essa gente ambiciosa
A sua ambição então freasse
Num gesto de ternura e de amor
Dos que nada possuem se lembrasse
Mas eu queria
Transformar esse mundo de dores
Entre amores eu faria
Uma inversão de valores

"Ponha riso numa dor, e na lágrima um sorriso
Onde há ódio eu punha amor, do inferno ao paraíso
Eu faria prosperar, só o mundo dos amores
A morte seria vida, e os espinhos como flores"