Loading...
LETRA

Você só me atende quando termina com ele.
Você só me procura quando está de mal com ele.
Você me diz que nunca mais quer ver a cara dele.
E se ele aparecer de novo é problema dele.

É só ele telefonar que eu ganho um pé na bunda.
Vocês terminam no domingo e voltam na segunda.
A mesma mão que me afaga é a que me afunda.
A água que me mata a sede,a água que me inunda.

Isso vai ter fim,eu sei,e vai ser agora.
Não quero confusão,do meu coração sai e vai embora.
Isso vai ter fim,eu sei,e vai ser agora.
Prazer por prazer,não quero mais saber.
Estou caindo fora.