Loading...
LETRA

Ho creduto a me
ferma a una stazione
vuota di allegria
piena di persone
vince chi rimane
io resto

Ho creduto a me
come fossi un'altra che mi dice
"passa, passa anche stavolta"
che mi dice
"ascolta quello che sai gia"

Volevo solo appoggiarmi al cuore
e avere il tempo per costruire

Quando per non dire troppo
non ho detto mai
quando il sangue nelle vene era piombo ormai
quando hai detto "mi spiace"
troppo poco pero e hai deciso di andare
io purtroppo no

Ho creduto a me
ai miei occhi scuri
come certe sere quando non respiri
quando cade il cielo ma non muori tu

E finisci qui questa pioggia fine che svernicia l'aria
come una stagione
ho mentito a tutti ma ho creduto a me

Volevo solo sparare a un cuore
un colpo senza silenziatore

Quando per non dire troppo
io non ho detto mai
quando il sangue nelle vene era piombo ormai
quando hai detto "mi spiace"
troppo poco pero e hai deciso di uscire di tacere un dolore
io davvero no

TRADUÇÃO

[Acreditei em mim]

Eu acreditei em mim
Presa a uma estação
Vazia de alegrias
Rodeada de pessoas
Ganha quem permanece
E eu permaneço

Eu acreditei em mim
Como se fosse alguém a dizer:
"Passa, desta vez também passa"
Alguém a dizer:
"Escuta aquilo que já sabe"

Só queria me apoiar em um coração
E ter um tempo para construir

Quando, para não falar demais,
acabei não falando nunca
Quando o sangue nas veias era corrente
Quando você disse: "Sinto muito"
E mesmo sendo pouco, decidiu ir
E eu, infelizmente não

Acreditei em mim
Em meus olhos escuros
Como em certas noites às quais é impossível respirar
Quando cai o céu mas você não morre

E acaba aqui, esta chuva fina que limpa o ar
Como uma estação
Eu menti para todos mas acreditei em mim

Queria apenas disparar no coração
Um tiro sem silenciador

Quando, para não falar demais,
acabei não falando nunca
Quando o sangue nas veias era corrente
Quando você disse: "Sinto muito"
E mesmo sendo pouco, decidiu ir para calar a dor
E eu, realmente não