Loading...
LETRA

Como sobrevivir?
como calmar mi sed?
como seguir sin ti?
como saltar sin red?


Con ese adios tan salvaje y cruel
me deshojaste la piel
la eternidad en final se quedo
y un desierto es ...mi corazon...


Ay si volvieras a mi
encenderia el sol mil primaveras
si regresaras por mi
seria un milagro cada beso que me dieras
pero hoy te vas
y no hay vuelta atras.


Que habra despues de ti?
mas que estas lagrimas
si hasta la lluvia en el jardin
toca una musica sin fin...
sombria y tragica...


Hoy de rodillas le pido a Dios
que por el bien de los dos
algo en tu pecho se quiebre al oir
a este loco que se muere de amor...


y desataste un huracan
fuego y furia de un volcan
que no se apagar...
como olvido que fui
esclavo de ti…ya no puedo mas...


Aaaaaaaaaay -- si volvieras a mi vida, si volvieras
si regresaras por mi
seria feliz otra vez
pero hoy te vas
y no hay vuelta atras.

TRADUÇÃO

Como sobreviver?
Como acalmar a minha sede?
Como continuar sem você?
Como soltar a minha rede?

Com esse adeus tão selvagem e cruel
Me tiraste a pele
A eternidade ficou no final
E um deserto é meu coração

Refrão

Ah, se você voltasse pra mim
Ascenderia o sol e mil primaveras
Se você regressasse por mim
Seria um milagre cada beijo que me desse
Mas hoje você vai embora
E não volta atrás

Que haverá depois de você?
Mais que este choro
Se até a chuva no jardim
Toca música sem fim
Escura e trágica
Hoje de joelhos peço a DEUS
Que pelo bem de nós dois
Algo em teu peito se rompa ao ouvir
A esse louco que morre por amor

Refrão...

E provocaste um furacão
Fogo e fúria de um vulcão
Que não se apaga
Como esqueço que fui
Escravo de você....já não posso mais

Ah, se voltasse a minha vida, se voltasse
Se regressasse por mim
Seria feliz outra vez
Mas você vai e não volta atrás......