Loading...
LETRA

Ela morre de ciúmes de mim:
Ta parecendo eu que morro de ciúmes dela:
Eu vou embora e ela vem atrás:
Mas quanto ela vai sou eu quem corre atras dela:

Já fiz de tudo pra viver sem ela;
Até sai de casa pra não mais voltar:
Ela tranca a porta eu pulo a janela;
Ja acostumamos a nos perdoar.

È um vai e volta, o nosso amor:
Quanto ela não vai, sou eu quem vou.