Loading...
LETRA

Mulher
Vamos decidir enquanto é cedo
Em poucas palavras
Esclarecer e encerrar o assunto

Você está dizendo para meio mundo
Não é mais segredo
Que no amor falido é tempo perdido
A gente viver junto

Sei que você disse
Que não sabe como ainda me suporta
Que viver comigo
É unir o útil ao desagradável

Diz que se arrepende
Do dia em que entrou por aquela porta
Para ser escrava
Dentro de uma casa pobre e miserável

Você não sabe
E nem faz idéia o que é ser uma escrava
Juro por Deus que não esperava
Que você fosse mal agradecida

Se for verdade
Que viver comigo só lhe desagrada
A mesma porta que serviu de entrada
Poderá agora servir de saída


Sei que você disse
Que não sabe como ainda me suporta
Que viver comigo
É unir o útil ao desagradável

Diz que se arrepende
Do dia em que entrou por aquela porta
Para ser escrava
Dentro de uma casa pobre e miserável

Você não sabe
E nem faz idéia o que é ser uma escrava
Juro por Deus que não esperava
Que você fosse mal agradecida

Se for verdade
Que viver comigo só lhe desagrada
A mesma porta que serviu de entrada
Poderá agora servir de saída

(Pedro Paulo Mariano - Santa Maria da Serra-SP)