Loading...
LETRA

Já tava mesmo decidido abandonar o curso
Nunca foi minha praia usar terno e gravata
Me desculpa, oh, pai, essa decepção
Mas preciso seguir meu coração

Eu me apaixonei na menina da camionete vermelha
De calça jeans e botina, jeito de menina roceira
Esse cabelo preto, ai, ai, ai, meu pai
Nasci foi pra ser fazendeiro

Eu tô apaixonado na veterinária
Ela é o queijo e eu sou a goiabada
Ela, a tampa, e eu sou a panela
Pode apostar, eu vou casar com ela

Eu tô apaixonado na veterinária
Ela é o queijo e eu sou a goiabada
Então é isso, pra encerrar nossa conversa
Eu vou morar na roça, te dar uns neto e cuidar dela

Eu me apaixonei na menina da camionete vermelha
De calça jeans e botina, jeito de menina roceira
Esse cabelo preto, ai, ai, ai, meu pai
Nasci foi pra ser fazendeiro

Eu tô apaixonado na veterinária
Ela é o queijo e eu sou a goiabada
Ela, a tampa, e eu sou a panela
Pode apostar, eu vou casar com ela

Eu tô apaixonado na veterinária
Ela é o queijo e eu sou a goiabada
Então é isso, pra encerrar nossa conversa
Eu vou morar na roça, te dar uns neto e cuidar dela