Loading...
LETRA

Obrigado meu estado
Eu te amo sem igual
Sinto bem por ser goiana
Não nego meu natural

Sou do norte de Goiás
A minha terra natal
Das margens do Araguaia
A ilha do Bananal

Tenho uma velha canoa
Pra minha navegação
Nas águas daquele rio
Aumenta a minha paixão

Eu vejo um índio moreno
Pra mim acenar a mão
Com linda tanga de pena
Faz penar meu coração

Contemplando a tardezinha
Meu remo não atrapalha
Vejo um lindo Carajá
Sozinho nas brancas praias

Aquele rosto trigueiro
Onde a beleza desmaia
Meu nome ele fala bem
Canoeira do Araguaia