Loading...
LETRA

A alma marcada por um passado que não quer passar
e na mente a saudade latente de alguém que o acaso levou
E no peito a batalha constante do ódio contra o amor
E que vença o amor

Quem jura que sabe o tamanho da dor que sente
Mas sempre tem gente que não compreende
É por isso que eu lanço o meu grito pro onipotente
Ele é quem entende o sufoco da gente

Foi no dia da vergonha que Deus falou que vai honrar
Foi no dia da peleja que falou que vai abençoar
Foi uma terra sem fome e vazia que Deus falou haja luz
Se hoje é o dia da sua prova receba a benção em nome de Jesus

Receba, receba, receba, receba