Loading...
LETRA

Dicen tus palabras que me escondes algo,
Yo sé cuando esos ojos se te van llenando
Sabes que si lloras gana mi debilidad.

Cuantas veces he escuchado esta parte
Duele cada vez que intento descifrarte
Sólo te arrepientes cuando quieres regresar.

No eres perfecto ya lo sé,
eso no fue con lo que me enamoraste,
Es tu manera de fingir que nada pasa al desilusionarme
Me ahogaste y ahora.

Ves que esta fue la última vez
porque tus disculpas ya no me tocan
Tú, te resbalas en mi piel
porque ya tus lágrimas no me mojan
De perdonarte me cansé,
no vuelvo a amarte,
Hoy soy impermeable.

Llueve en tus palabras la misma rutina
La misma que hoy nos deja sin salida
Pero ya tus labios no me pueden engañar.

No eres perfecto ya lo sé,
eso no fue con lo que me enamoraste,
Es tu manera de fingir
que nada pasa al desilusionarme
Me ahogaste y ahora.

Ves que esta fue la última vez
porque tus disculpas ya no me tocan
Tú, te resbalas en mi piel
porque ya tus lágrimas no me mojan
De perdonarte me cansé,
no vuelvo a amarte,
Hoy soy impermeable.

TRADUÇÃO

[Impermeável]
Eu digo suas palavras esconder algo
Eu conheço esses olhos quando você está enchendo. Você sabe que se você chora
ganhar a minha fraqueza.

Quantas vezes ouvi esta parte
Dói toda vez que tento descifrarte
Só você se arrepender quando você voltar.

Você é perfeito, eu sei
que não era o que eu apaixonei
É a sua maneira de fingir que nada acontece a decepcionar
me afoguei e agora.

ver que esta foi a última vez
desculpas a sua porque eu não jogo
Você, você desliza em minha pele
suas lágrimas, porque eu não molhar
para perdoar-me cansado.
'não vou te amar
Hoje eu sou impermeável.

Chove em suas palavras a mesma rotina
O mesmo que hoje nos deixa fora
Mas seus lábios não pode me enganar.

Você é perfeito, eu sei
que não era o que eu apaixonei
É a sua maneira de fingir
que nada acontece a decepcionar
me afoguei e agora.

ver que esta foi a última vez
desculpas a sua porque eu não jogo
Você, você desliza em minha pele
suas lágrimas, porque eu não molhar
para perdoar-me cansado.
'não vou te amar
Hoje eu sou impermeável.