Loading...
LETRA

Não faça do amor querida
Um brinquedo
Não zombe de um coração
Que ama tanto

Respeite ao menos de quem ama
O sentimento
Porque a mágoa
É o maior tormento
Que transforma um lindo sonho
Em desencanto

Não cause a um coração
Tanto tormento
Não deixe um sincero amor
Por mil amores

Quem joga rosas perfumadas
Em seu caminho
Somente em troca
Recebe o espinho
Como recompensa
De lhe mandar flores

Fui eu quem joguei aos seus pés
Toda a minha vida
Fui eu quem pôs em suas mãos
Todo o meu amor
E agora como recompensa
Eu choro querida
Lágrimas sentidas
Perdi a partida
Recebi da vida
Um troféu de dor

Por isso eu não creio mais
No amor sincero
Que toda vida fui sincero
E ninguém foi comigo
Eu joguei um jogo limpo
Fui bom jogador
Mas fui trapaceado
No jogo do amor
Pelo adversário
Que era meu amigo