Loading...
LETRA

Sai do cabaré que eu caso com você
Te dou casa em Nova York, toda noite tem prazer
Sai do cabaré que eu te amo de verdade
Te dou cartão sem limite, mas quero exclusividade

Naquela noite eu caí na curtição
Com os meus amigos só queria zoação
Mas você chegou de um jeito envolvente
E eu me candidatei logo pra ser o seu cliente

Quando eu saí dali eu não parava de pensar
Que você era a mulher certa, eu queria pra casar
Mas sei que vão falar muito do passado seu
Mas isso pra mim não importa porque eu não sou museu

Sai do cabaré que eu caso com você
Te dou casa em Nova York, toda noite tem prazer
Sai do cabaré que eu te amo de verdade
Te dou cartão sem limite, mas quero exclusividade


Sai do cabaré que eu caso com você
Te dou casa em Nova York, toda noite tem prazer
Sai do cabaré que eu te amo de verdade
Te dou cartão sem limite, mas quero exclusividade

Naquela noite eu caí na curtição
Com os meus amigos só queria zoação
Você chegou com seu jeito envolvente
Eu me candidatei logo pra ser o seu cliente

Quando saí dali eu não parava de pensar
Que você era a mulher certa que queria pra casar
Mas sei que vão falar do passado seu
Isso pra mim não importa porque eu não sou museu

Sai do cabaré que eu caso com você
Te dou casa em Nova York, toda noite tem prazer
Sai do cabaré que eu te amo de verdade
Te dou cartão sem limite, mas quero exclusividade

Sai do cabaré que eu caso com você
Te dou casa em Nova York, toda noite tem prazer
Sai do cabaré que eu te amo de verdade
Te dou cartão sem limite, mas quero exclusividade