Loading...
LETRA

De vez em quando dou uma escapulida
E pulo o muro pra ir namorar
Devagarzinho que nem pé de pano
Nem cachorro bravo escuta eu pisar

E pra vizinha só dou o sinal
E ela me espera lá no seu portão
E na maçã toda molhadinha
Eu com muito jeito vou passando a mão


Só tem que ser é devagar (tem que ser)
Pro maridão não escutar (nem saber)
Enquanto ele não descobre
Minha mulher lá em casa dorme
E nós dois num só prazer

Só tem que ser é devagar (tem que ser)
Pro maridão não escutar (ninguém saber)
Enquanto ele não descobre
Minha mulher lá em casa dorme
E nós dois num só prazer